Como começar à terapia de compressão

Aprenda o que fazer quando você começar a ter os primeiros sinais de uma doença venosa ou depois de ter sido diagnosticado. Aprenda como obter uma receita para produtos de compressão e como encontrar a meia de compressão apropriada.

Two women sitting on a window sill chatting

Você acredita que possa ter um problema venoso?

Você notou sinais de doenças venosas ou suspeita que tenha um problema venoso? Você quer saber o que fazer em seguida e como adquirir produtos de compressão?

Como obter um diagnóstico e um prescrição médica

Se sentir algum sintoma de distúrbio venoso, você deve ir ao médico para que ele prescreva os produtos de compressão. O seu médico pode indicá-lo a um especialista de distúrbios venosos (flebologistas).

Um flebologista fará um diagnóstico depois de um exame detalhados de seu estado de saúde atual, seu histórico médico,   e por meio de exames visual e físico.

O médico talvez faça uso de um método de geração de imagens, como o ultrassom; mas não se preocupe, o exame é normalmente indolor e não apresenta riscos.

Em seguida, o médico iniciará a medidas terapêuticas apropriadas levando em conta o grau de gravidade de suas necessidades individuais; e irá, muito provavelmente, incluir a prescrição de um produto de compressão. Tão logo tenha uma prescrição médica, você poderá comprar sua roupa de compressão em casas cirúrgicas, farmácias, revendedores de produtos médicos, ou, em alguns casos, diretamente de seu médico. Encontre aqui uma loja próxima a você ((link to dealer locator.

É bom saber: Você também pode comprar meias de compressão sem prescrição médica (embora uma prescrição seja altamente recomendável). Os modelos com 15-20 mmHg de compressão graduada são normalmente usadas para fins de prevenção e bem-estar. Assim, mesmo que não tenha predisposição a distúrbios venoso ou nenhuma queixa, você poderá usar meias se se sentir confortável com elas. Elas melhoram a circulação, aliviam sintomas como os de perna pesada, e podem melhorar a qualidade de vida no geral. 

Leitura adicional