Gestação e maternidade: a saúde das pernas é essencial

A gestação é um momento muito especial para você, mudando seu corpo de diversas formas para suportar o crescimento do seu bebê. Porém, também exerce pressão em suas pernas. Portanto, é importante ter o apoio correto para as pernas e assim mantê-las em forma e saudáveis durante a gestação. Isso pode ser conseguido com a compressão médica que é benéfica para a sua saúde durante a gestação.

Heavily pregnant woman lying on her side on a bed

Gestação: proteja as pernas!

A gestação vai mudar sua vida completamente. Seu corpo pode já ter começado a mudar. As alterações hormonais precoces podem levar a ondas de calor, náuseas, alterações de humor e de apetite…

…mas você sabia que essas alterações corporais também afetam sua circulação sanguínea?

Sob a influência hormonal da gestação, o sangue coagulará mais rápido e as veias dilatarão. Isso pode impedir o retorno venoso adequado do sangue e aumentar o risco de danos nas veias, como o desenvolvimento de veias varicosas. Além disso, coágulos podem se formar nas veias das pernas.

Seu corpo passará por mudanças significativas a cada trimestre para acomodar o crescimento de seu bebê. O volume de sangue aumenta e o crescimento do útero aplica pressão direta em suas veias. Isso pode pressionar e bloquear parcialmente algumas de suas veias e afetar diretamente seu sistema venoso.

Veja algumas dicas para a saúde das pernas durante a gestação.

Pernas pesadas, dor nas pernas, inchaço e veias varicosas: por que esses sintomas aumentam durante a gestação?

Durante a gestação, você poderá sentir sintomas nas pernas, como sensação de peso, cansaço, dor e inchaço nos pés. Seis em 10 mulheres descobrem sua primeira veia varicosa durante a gestação; as veias varicosas geralmente aparecem por volta do quarto mês.

A aparência dos sintomas de problemas venosos nas pernas é causada pelo aumento do volume sanguíneo necessário para ajudar no crescimento de seu bebê. O crescimento do útero pode pressionar e bloquear parcialmente algumas de suas veias. E como os hormônios da gestação dilataram suas veias, o retorno do sangue ao coração também foi complicado.

Fatores que podem aumentar o risco de desenvolver distúrbios venosos durante a gestação

  • Fumar
  • Predisposição hereditária
  • Condições venosas pré-existentes
  • Gestações múltiplas
  • Ficar muito tempo sentado ou em pé

Ao usar compressão médica, você poderá efetivamente fazer algo pela saúde de suas pernas

A compressão médica é o padrão para prevenção de insuficiência venosa; é recomendado usar compressão durante toda a gestação. A compressão médica promove a circulação sanguínea e alivia o desconforto nas pernas. Você sentirá suas pernas mais leves, com mais energia e menos inchadas.

O uso de meias-calças de compressão também ajudará na prevenção do desenvolvimento de veias varicosas. As veias varicosas são esteticamente desagradáveis, mas também podem estar associadas a sintomas, como dor, coceira, ardor ou câimbras.

A insuficiência venosa associada à gestação não desaparece imediatamente após o parto. Portanto, é aconselhável usar compressão médica também por pelo menos seis semanas após o nascimento do bebê.

Você sabia...?

A compressão médica também ajuda a combater o enjoo matinal. Pesquisas mostram que o uso de produtos de compressão durante os estágios iniciais da gestação pode aliviar náuseas e vômitos, tanto quanto o uso de medicamentos.

Quais são os riscos de trombose (TVP) ou flebite na gestação?

O risco de trombose fica de 3 a 5 vezes maior na gestação e 60 vezes maior nas seis semanas seguintes.

Várias razões contribuem para o aumento do risco de trombose:

  • A composição do sangue: para impedir a perda incontrolável de sangue durante o nascimento ou no caso de um aborto espontâneo, o sangue coagula mais rapidamente. Por outro lado, isso pode levar à formação de um coágulo nas veias, danificá-las e a uma trombose venosa profunda (TVP). Essa é uma situação séria que requer intervenção imediata. Se o coágulo se desprender e circular para os pulmões, isso pode levar à embolia pulmonar, uma situação potencialmente fatal. Mesmo que esse caso seja muito raro, representa a segunda principal causa de mortalidade materna após hemorragia (5).
  • Aumento da pressão dentro das veias das pernas: a criança em crescimento está pressionando os vasos pélvicos, restringindo o fluxo de sangue de volta ao coração.
  • O fluxo sanguíneo de volta ao coração é agravado pelo aumento da quantidade de sangue e pela dilatação das veias durante a gestação.

O uso de produtos de compressão durante a gestação e depois do parto pode ajudar a prevenir o desenvolvimento de insuficiência venosa e de trombose venosa profunda.

Seja gentil com suas pernas: use meias-calças de compressão durante a gestação

Seu médico já pode ter recomendado ou prescrito compressão médica, o tratamento padrão para prevenir a TVP e tratar a insuficiência venosa. A compressão médica também proporciona alívio das pernas pesadas e inchaço nas pernas.

Uma solução simples e sem medicamentos adequada para a maioria das formas do corpo.

Saudável e feliz durante a gestação e depois dela

Quando se trata de cuidar das pernas durante a gestação, você pode contar com a compressão médica. Desde o primeiro uso, você deve sentir um efeito benéfico.

Assim, o uso de meias de compressão é aconselhável desde o início da gestação até o final do período de alto risco de até seis semanas após o nascimento do seu bebê.

Pernas com energia e saúde permitem a você aproveitar o tempo que está junto com seu bebê. A compressão médica também mantém suas pernas saudáveis após a gestação. Ela ajuda a energizar suas pernas, proporcionando a elas uma sensação de leveza e liberdade ao longo do dia.

Leitura adicional